PF investiga empregado da Caixa Econômica suspeito de fraude

PF investiga empregado da Caixa Econômica suspeito de fraude

Prejuízo causado à instituição bancária pode chegar a R$ 23 milhões

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira, 25/7, a Operação Lesa Caixa, que visa reprimir desvios de recursos de contas vinculadas da Justiça do Trabalho da 13ª Região.

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal da Paraíba nas cidades de João Pessoa, Cabedelo, Pombal, Cajazeiras e São Bentinho.

As investigações foram iniciadas em maio deste ano e têm como alvo principal servidor da Caixa Econômica Federal. Ele, aproveitando-se do acesso aos sistemas de movimentação bancária de contas judiciais trabalhistas, movimentou criminosamente valores para contas suas e de pessoas próximas, causando um prejuízo estimado aos cofres da CEF de quase 9 milhões de reais, podendo ao final da investigação o montante do prejuízo chegar a R$ 23 milhões.

O investigado poderá responder pelos crimes de peculato, inserção de dados falsos em sistema informatizado, associação criminosa e lavagem de ativos. As penas somadas chegam a 37 anos de reclusão e multa.

Haverá entrevista às 8:30h, na sede da Polícia Federal, localizada no bairro João Agripino, em João Pessoa.

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba

Ediomário Catureba | DRT 8484-BA

Comunicador, responsável pelos sites www.catureba.com.br e www.baixagrande.net
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial