Vereadores de Conceição do Coité solicitam aumento salarial de quase 73%; entenda

Vereadores de Conceição do Coité solicitam aumento salarial de quase 73%; entenda

Proposto pela mesa diretora, os vereadores do município baiano de Conceição do Coité poderão receber um grande aumento salarial a partir de 2025. Atualmente, eles recebem R$ 8.016,93 e os vencimentos podem ser reajustados para R$ 13.850 – representando uma alta de 72,7%. Caso seja aprovado, os edis ganharão mais que os vereadores de Macapá, capital do Amapá.

O texto foi assinado pelos seguintes membros da mesa diretora: Nego Jai (União), presidente, Lindo de Neusa (Republicanos), vice-presidente, e Marquinhos de Renato (Republicanos), secretário e filho do vice-prefeito Renato Souza (Republicanos). Ainda de acordo com a proposta, o reajuste passará a ser válido para os novos vereadores do município baiano e aqueles que alcançarem a reeleição no pleito eleitoral deste ano.

Com 15 vereadores na câmara, a Mesa Diretora justifica que o aumento de R$ 5.833,07 a mais se adequa aos limites constitucionais, e o impacto financeiro pode ser suportado na medida em que “as leis orçamentárias anuais prevê dotações orçamentárias por força da norma de fixação dos subsídios”.

Na ponta do lápis, os vereadores de Conceição do Coité custam quase R$ 1,6 milhão por ano aos cofres do município apenas com os vencimentos. Caso reajuste seja aprovado, o custo pode subir para R$ 2,5 milhões aos cofres públicos da cidade, cujo a renda média da população é de 1,5 salário-mínimo, segundo o IBGE.

Fonte: www.bnews.com.br

Ediomário Catureba | DRT 8484-BA

Comunicador, responsável pelos sites www.catureba.com.br e www.baixagrande.net
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial