Após chuva, mais um dia para moradores de Baixa Grande calcularem prejuízos em casas inundadas

Após chuva, mais um dia para moradores de Baixa Grande calcularem prejuízos em casas inundadas
As duas chuvas de trovoadas ocorrida durante o mês de novembro em Baixa Grande, trouxeram grandes prejuízos, e moradores clamam por socorre sem saber se serão ouvidos.

 Construções irregularidades e esgotos a mais de 3 anos sem serem limpos, impedem a passagem das águas no Riacho do Salgadinho, mais uma vez várias residências foram invadidas, duas vezes este mês, sendo a primeira no dia 4, e a chuva da noite de sábado, 26 de novembro de 2022, apesar de ter sido menos que a anterior, foi suficiente para estragar calçamento, invadir casas e destruir mais uma vez, móveis e a tranquilidades dos moradores.

Reportagem em Vídeo

Parte da Rua José Cirilo dos Santos (Rua da Corrida), ainda se encontra com água paradas, pedestres e motociclistas aventuram em meio a água de chuvas misturadas com esgotos. Em várias partes da cidade, os esgotos transbordam, trazendo mau cheiro e medo aos moradores.

Na Rua Adelino Pereira Suzart (Rua do Curral), móveis destruídos voltam ocupar os passeios das casas e ruas, com esgotos coberto por terra, e uma pastagem de capim, a água e lama invadiram as casas mais uma vez.

Morador da Rua a mais de 60 Anos, o aposentado João Pereira, conta que nos anos anteriores, as ruas eram alagadas, porém as casas nunca tiveram tanta água entrando, segundo ele, em 4 de novembro, sua casa ficou cerca de 90 centímetros alagadas, e ontem foram cerca de 40 centímetros. “Nem políticos e nem o dono do terrado veio nos visitar, para saber se algum morador morreu ou teve prejuízo, é uma falta de vergonha”.

Um freezer que foi registrada sendo carreada pela correnteza, parou em uma obra da prefeitura na Rua da Nação, cerca de 200 metros do ponto onde foi filmado, o mesmo pertencente a um comerciante da Rua Cosme de Farias (Rua do Adobo), foi estragado com a chuva do dia 4 de novembro, se encontrava no passeio da casa para ser levado ao ferro velho.

Ediomário Catureba | DRT 8484-BA

Comunicador, responsável pelos sites www.catureba.com.br e www.baixagrande.net

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial