8 em cada 10 empreendedores projetam crescimento no e-commerce para 2022, revela pesquisa

8 em cada 10 empreendedores projetam crescimento no e-commerce para 2022, revela pesquisa

Crédito: Freepik

Estudo da Loja Integrada destaca importância de investir na experiência do consumidor para se destacar da concorrência. Especialista traz dicas

A redução do quadro da pandemia reaqueceu alguns setores da economia em 2022, como o varejo. Segundo levantamento realizado pela Loja integrada, plataforma para criação de lojas virtuais mais popular do país, com mais de 2,5 milhões de lojas criadas, oito em cada dez empreendedores projetam um crescimento de 85,6% no e-commerce brasileiro, ainda neste ano.

Dentro desse cenário, os pequenos e médios negócios (PMEs) estão entre os segmentos que mais irão investir. Parte dos recursos serão direcionados para melhorar a experiência do consumidor (23,5%) e oferecer mais promoções e campanhas (21,6%) para se destacar da concorrência.

Para ajudar os empreendedores que buscam investir e atrair mais clientes em 2022, Filipe Belmont, diretor de produtos da Loja Integrada, separou dicas de como melhorar a experiência do usuário nas lojas virtuais.

 Reúna informações sobre o comportamento dos clientes

Se o foco central do conceito da experiência do usuário é o consumidor, não há como melhorá-la sem antes analisar o atual comportamento dos visitantes da sua loja. Dessa forma, aproveite os dados fornecidos pelo Google Analytics, além dos feedbacks de clientes ou visitantes para obter dados relevantes.

Layout

O layout da sua loja será a primeira coisa que os visitantes vão avaliar, antes mesmo das informações descritas na página. Todos os elementos visuais precisam ser objetivos, comunicando-se assertivamente com o potencial cliente, e intuitivos, para facilitar o caminho do visitante até a compra.

“Quanto mais organizado e profissional for o layout do site, melhor será a navegação e a experiência do usuário no e-commerce. A identidade visual da marca precisa ser bem trabalhada, trazendo cores, imagens e textos que combinem e não deixem a página com excesso de informação. Além disso, os banners também são interessantes, já que são informativos e ilustrativos, pois trazem imagens dos produtos e preços”, reforça Belmont.

Site responsivo

Ainda no design da loja, uma das maneiras mais eficazes de melhorar a experiência do usuário é tornando o seu site mais responsivo, isto é, o layout da página precisa se adaptar bem a diversos dispositivos, da tela de um smartphone ao desktop. “A maioria das pessoas usam mais o smartphone e a qualidade do site precisa ser mantida nesses dispositivos móveis, para que as compras não sejam perdidas por conta da dificuldade de fazê-las pelo celular”, orienta o executivo.

 Canais de comunicação

Durante a jornada de compra, dúvidas e problemas surgem na interação do usuário com a loja e você deve disponibilizar um canal de comunicação para que ele consiga resolver esses pontos e se sinta mais confiante.

“Independentemente do canal de comunicação de sua escolha, as dificuldades dos potenciais clientes devem ser solucionadas de forma empática e eficiente. Uma boa dica é criar uma seção de perguntas frequentes com respostas prontas ou automatizar respostas no chat. Mas tenha cuidado para que essa interação seja humanizada de fato, para não afastar os visitantes”, sugere o especialista.

Serviço de hospedagem

A experiência de navegação no e-commerce depende do serviço de hospedagem contratado para colocar o site em funcionamento. O tempo necessário à acessibilidade de um site varia ― dentre outros motivos ― de acordo com a capacidade de suportar visitantes simultâneos, sobretudo em ocasiões como Natal ou Black Friday, em que o volume de acessos para compras é expressivamente maior.

 Segundo uma pesquisa do Google/SOASTA, o recomendado é que uma página seja carregada por completo em até 3 segundos. Caso o tempo oscile entre 1 e 10 segundos, a taxa de abandono do site pode ultrapassar os 125%. “O tempo realmente é dinheiro quando se trata da agilidade no carregamento das páginas de um e-commerce. Por isso, é fundamental investir em um bom serviço de hospedagem para aprimorar a experiência do usuário”, alerta Belmont.

Marketing de conteúdo

“Outra ótima forma de tornar os visitantes mais confiantes e seguros na jornada de compra é trazendo informações relevantes para eles sobre os produtos e sanando as principais dúvidas por meio de palavras que cativem o leitor. Por isso, se você realmente quer melhorar a experiência do usuário, produza conteúdo relevante e de qualidade no seu site”, finaliza o executivo da Loja Integrada.

Sobre a Loja Integrada

A Loja Integrada é uma plataforma que oferece recursos para a criação de lojas virtuais de maneira prática e intuitiva, com opções de temas e serviços adicionais, além de parcerias com meios de pagamentos e envios. Com mais de 2,5 milhões de lojas criadas, a empresa tornou-se uma das maiores plataformas gratuitas da América Latina e a mais popular do Brasil. Segundo o Built With, portal que mede o desempenho das tecnologias e das plataformas de e-commerce, a Loja Integrada é responsável pela maioria das lojas virtuais que operam hoje no Brasil.

Fonte: www.agencianoar.com.br

Ediomário Catureba | DRT 8484-BA

Comunicador, responsável pelos sites www.catureba.com.br e www.baixagrande.net

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial