Roma faz defesa da liberdade em ato na Barra pelo Bicentenário da Independência do Brasil

Roma faz defesa da liberdade em ato na Barra pelo Bicentenário da Independência do Brasil

Foto: Max Haack

O candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma (PL), fez uma ardorosa defesa da liberdade dos brasileiros e dos baianos para cultuar os valores que sustentam a nação. Ele esteve reunido com a candidata ao Senado, Raíssa Soares, candidatos a deputado estadual e federal e milhares de baianos que lotaram o Farol da Barra nesta quarta-feira, 7 de Setembro, quando se celebra o Bicentenário da Independência do Brasil.

“Vamos juntos, baianos, vamos juntos, brasileiros, com orgulho do nosso verde e amarelo, pois não será nenhum usurpador de toga, não será nenhum ativista judicial que vai nos impedir de cultuar nossas tradições, os nossos valores e as nossas crenças”, disse Roma, na manhã desta quarta-feira (7). Ainda hoje, o ex-ministro da Cidadania participa de atos alusivos à Independência do Brasil em Feira de Santana e em Jequié.

Dirigindo-se à multidão de baianos que lotou o Farol da Barra, Roma destacou as características de nosso povo. “Somos determinados. O brasileiro sabe muito bem que não foge à luta e nós estamos em combate, ao lado do presidente Bolsonaro. O que queremos não é guerra de torcida, não é brincar no WhatsApp, mas levar a verdade para a população. Uma gota de verdade mudará toda essa sujeira que estão tentando espalhar para os brasileiros”, discursou Roma.

O ex-ministro da Cidadania iniciou o seu discurso no Farol da Barra agradecendo a Deus. “Ao Senhor toda honra e toda glória! Mais uma vez estamos reunidos porque esse é um país laico, mas não é um país ateu. Nossas principais conquistas como a nossa liberdade, a nossa independência e a nossa democracia se deram com a fé que motivou o coração de homens e mulheres em nosso Brasil”, lembrou o ex-ministro da Cidadania.

Ele disse que a multidão não estava ali reunida para ovacionar ninguém “Somos todos seres humanos, filhos de Deus, cheios de defeitos, pecadores, mas temos o livre-arbítrio que Deus nos deu, o caminho certeiro por onde devemos guiar essa nação, uma nação que está abaixo de Deus, que defende a pátria, a família, a liberdade”, enfatizou Roma.

Sobre o presidente Jair Bolsonaro, ele disse: “Ele também tem defeitos como todos nós. Outro dia me disseram ‘ah, ele fala coisas grosseiras’. Ora, você quer que ele fale palavras mansas e traiçoeiras? Não! Ele não tem filtro! É um homem verdadeiro! Espontâneo! Mas que não se acovarda e defende a nossa nação”, defendeu o candidato a governador apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O candidato a governador do PL lembrou que a Independência do Brasil se consolidou na Bahia com a luta dos baianos que culminou com a expulsão definitiva das tropas portuguesas em 2 de julho de 1823. “Nesse solo onde nossos heróis derramaram seu sangue, os nossos antepassados não se acovardaram e seguiram firmes na defesa dos seus propósitos”, disse Roma, ao também destacar que hoje a Bahia, “Mãe do Brasil”, precisa também se libertar e dar seu grito de independência, como fez o Brasil em 2018 ao eleger Jair Bolsonaro presidente.

“O gigante despertou há quatro anos atrás com a eleição do presidente Bolsonaro e falta agora a Mãe do Gigante despertar e falar para o Brasil que a Bahia não é problema para o Brasil, mas solução para o Brasil”, disse Roma, que reforçou a necessidade de baixar impostos e dar mais liberdade para empreender e para produzir aos baianos.

13Fonte: https://joaoroma.com.br

Ediomário Catureba | DRT 8484-BA

Comunicador, responsável pelos sites www.catureba.com.br e www.baixagrande.net

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial